UPS Flight Forward acrescenta novas aeronaves inovadoras, aprimorando as capacidades e a sustentabilidade da rede

Planos para aquisição de aeronaves elétricas de decolagem e aterrissagem verticais
BETA_eVTOL_1440x752.jpg BETA_eVTOL_768x760.jpg BETA_eVTOL_1023x960.jpg
  • Aeronaves elétricas de decolagem e aterrissagem verticais da Beta Technologies (eVTOL) pousarão nas instalações da UPS em mercados de pequeno e médio porte.
  • Isso aumenta a flexibilidade da rede UPS, e beneficia os prestadores de serviços de saúde e as pequenas e médias empresas.
  • É uma solução flexível e sustentável para reduzir as emissões de poluentes da rede aérea; a estação de recarga também pode ser usada com veículos terrestres movidos a eletricidade.

Atlanta, Geórgia

A UPS, junto à sua subsidiária UPS Flight Forward, planeja adquirir aeronaves elétricas com decolagem e aterrissagem verticais (eVTOL) da Beta Technologies (BETA) a fim de expandir seu serviço aéreo para mercados selecionados de pequeno e médio porte. Essas aeronaves decolarão e aterrissarão nas instalações da UPS de forma silenciosa, reduzindo o tempo em trânsito, as emissões de poluentes dos veículos e os custos operacionais.

A capacidade de carga de 635 quilos das aeronaves BETA é ideal para transportar de forma mais rápida e sustentável entregas urgentes que, caso contrário, voariam em pequenas aeronaves de asas fixas. O uso das aeronaves pela UPS beneficiará profissionais de saúde, milhares de pequenas e médias empresas e outras empresas em comunidades menores. Com um alcance de 400 quilômetros e velocidade de cruzeiro de até 270 quilômetros por hora, a UPS poderá planejar uma série de rotas curtas, ou uma única rota longa, com uma única carga para atender às necessidades dos clientes.

“É uma questão de inovação, tendo em vista mais retornos para nossas empresas, nossos clientes e o meio ambiente”, definiu Juan Perez, diretor de informação e engenharia da UPS. “Essas novas aeronaves criarão eficiências operacionais em nossos negócios, abrirão possibilidades para novos serviços e servirão como base para soluções futuras, no intuito de reduzir o perfil de emissões de nossas operações aéreas e terrestres.”

A indústria da aviação está se concentrando em pequenas aeronaves que a UPS utiliza para servir a muitas comunidades de pequeno e médio porte, com o objetivo de desenvolver aeronaves inovadoras e sustentáveis movidas a energia elétrica. As aeronaves da BETA têm quatro hélices verticais de elevação fixa e uma hélice propulsora para voo à frente. Elas são capazes de recarregar em até uma hora e produzem zero emissões operacionais.

“Estamos combinando um design simples e elegante e tecnologias avançadas para criar uma aeronave confiável com zero emissões operacionais que revolucionará a forma como a carga é transportada”, disse Kyle Clark, fundador e CEO da BETA. “Ao realizar decolagens e aterrissagens verticais, podemos transformar espaços relativamente pequenos das instalações atuais da UPS em uma rede de microabastecimento aéreo sem o ruído ou as emissões operacionais das aeronaves tradicionais.”

A UPS também reservou a estação de recarga da BETA para um sistema de aviação elétrica totalmente integrado e sem interrupções. A estação de recarga da BETA ajuda a garantir o carregamento seguro e rápido da aeronave em menos de uma hora e facilita manobras rápidas de carga e descarga. A estação de recarga também oferece às baterias da aeronave uma segunda vida útil.

Após o primeiro ciclo de vida na aeronave, elas podem ser colocadas na estação de carga para recarregar as baterias a bordo da aeronave, bem como a frota de veículos terrestres elétricos da UPS. No total, a UPS tem mais de 12.000 veículos de combustível alternativo e tecnologia avançada sendo usados no mundo todo e tem o compromisso de comprar até 10.000 veículos elétricos da Arrival.

As aeronaves da BETA são projetadas para um dia operarem de forma autônoma, à medida que as tecnologias e regulamentações se solidificarem. A UPS Flight Forward recebeu a primeira certificação de transportadora aérea conforme a norma “Parte 135” da Administração Federal de Aviação (Federal Aviation Administration – FAA) dos Estados Unidos para operar uma linha aérea de drones, e diariamente opera voos geradores de receitas com tais drones. A certificação da FAA também permite que a UPS Flight Forward transporte cargas de até 3.400 kg, seja com um operador ou de forma autônoma.

No mês passado, a BETA avançou para a próxima fase de testes de voo, ao completar um percurso interestadual partindo de suas instalações de testes de Plattsburgh, em Nova York, para sua sede em Burlington, em Vermont. Em conformidade com os protocolos da FAA para aeronaves experimentais voarem além de seu aeroporto local, a BETA teve de completar testes rigorosos para garantir um comportamento confiável e previsível das aeronaves. Na mesma semana, a empresa estabeleceu um novo recorde de alcance pessoal ao mesmo tempo em que atingiu 2.400 metros de altitude.

As primeiras dez aeronaves BETA estão programadas para começar a chegar em 2024, com uma opção de compra de até 150 unidades.

Nota do editor: recursos multimídia estão disponíveis na Central da Marca UPS.

Sobre a UPS

A UPS (NYSE: UPS) é uma das maiores empresas de entrega de pacotes do mundo, com uma receita de US$ 84,6 bilhões em 2020, e oferece uma ampla gama de soluções integradas de logística para clientes em mais de 220 países e territórios. Os mais de 540 mil funcionários da empresa adotaram uma estratégia que é declarada de forma simples e executada de forma poderosa: O cliente em primeiro lugar. Liderada por pessoas. Impulsionadas pela inovação. A UPS está comprometida em ser uma guardiã do meio ambiente e em contribuir positivamente para as comunidades que atendemos ao redor do mundo. A UPS também assume uma postura forte e inabalável em apoio à diversidade, à igualdade e à inclusão. A empresa pode ser encontrada na Internet em www.ups.com, com mais informações em www.stories.ups.com e www.investors.ups.com.

Powered by Translations.com GlobalLink OneLink Software